quarta-feira, 28 de junho de 2017

Surpresa das boas

O mundo dá mesmo muitas voltas, tantas que desde há alguns anos que ando tonta de tanta volta!!
Mas desta vez, surpreendeu-me ..... Pela positiva!! Estava a precisar de uma boa surpresa! 
Já á algum tempo que vou comprar os meus suplementos a uma loja de produtos naturais perto do ginásio. Porque? Porque são muito simpáticos e nota-se que sabem exatamente o que estão a vender! 
E quando confio habitualmente sou fiel á casa. Mas das últimas vezes que passo por lá, costuma lá estar um rapazote muito simpático, que me conseguiu viciar num suplemento ao pequeno almoço.
Um dia destes conversa puxa conversa, ele diz do nada, que é artista plástico e pintor, e mostra-me alguns dos seus trabalhos!! 
Fiquei impressionada!! Para quem gosta de surrealismo é uma delicia o que já faz!! Já fez imensos trabalhos importantes em Portugal, e já é reconhecido.
Quando lhe perguntei o porquê de trabalhar numa loja do género, ele responde que adora o mundo da alimentação e suplementação saudável. Que não larga aquilo por nada!
Diz que precisa dos dois mundos, arte e alimentação, para o seu equilíbrio interno.....como o percebo tão bem!!
E é tão bom falar com pessoas que seguem o seu coração sem medo, e quando falam falam com paixão....paixão pelo fazem e pelo que são!! 
Ele chama-se Josafar Ferrer. 
Descubram-no!! Amei o trabalho dele!



    Eva - Paiting by Josafár Ferrer

domingo, 25 de junho de 2017

Reflexão da semana

"Há um ditado japonês – ‘cai sete vezes e levanta oito’. Não importa quantas vezes a gente cai do cavalo, o importante é se levantar, subir de novo e continuar a cavalgada. A nossa prática é para a vida toda. Não existe um “cheguei!” de iluminação onde magicamente viramos santos oniscientes e perfeitos. Sempre teremos algo mais para aprender, sempre poderemos aprofundar mais a nossa prática – a nossa Compaixão, a nossa Sabedoria. Sempre poderemos nos Despertar, nos Iluminar mais um pouco. A vida é uma jornada, um processo, uma escola que vai desde o “pré do pré” até o “pós do pós”, a “educação continuada infinita” – não há um ponto de chegada e fim. E é justamente isto que dá graça e faz da vida esta divertida, maravilhosa caminhada."

Li este ditado japonês e as reflexões da monja Gassho esta semana. Semana de reflexão e meditação.
Existem momentos que preciso acalmar o coração, para O poder ouvir.......ouvir a voz do meu coração. 
Tentar não agir impulsivamente com a mente, não deixar o Ego ter qualquer tipo de poder, e perguntar ao meu coração o que é que é melhor para mim? Quais são os meus sentimentos verdadeiros acima de tudo?
Se cheguei a alguma conclusão depois de tanto olhar para dentro?! Sim, a algumas.
Mas a aprendizagem está no caminho.....e é o caminho que todos temos que percorrer, o mais conscientemente possível.


sexta-feira, 16 de junho de 2017

Coisas que só nos acontecem a nós!

Dias perfeitos existem, ou existem dias que os fazemos perfeitos, como queiram, mas este fim de semana foram certamente alguns desses dias!
Eu disse a todos que este post se iria chamar.....as coisas que só nos acontecem a nós!
Porque realmente foi inacreditável tudo o que nos aconteceu!!
A energia do grupo foi mesmo essa, não houve como fugir, tudo aquilo que nos poderíamos esquecer, esquecemos....e a reacção foi, gargalhada geral e muitas historias para contar.
Não sei me vou lembrar de todas, devia ter escrito notas, para nada escapar.
E tudo começa logo no inicio da viagem, íamos passar uns dias a praia, branquinhos do pouco sol que apanhamos, e o primeiro dos muitos e sucessivos esquecimentos, foi, o chapéu de sol para a praia!!
Não que este fosse fazer assim tanta falta, mas serve sempre, nem que seja, para os sacos se abrigarem, e, lá voltamos nós para traz para ir buscar o dito cujo.
Depois de 3 horas de viagem, fomos buscar as chaves aos donos do apartamento já um pouco incomodados por ser tarde, chegamos a casa, deixamos as coisas e quando saímos para comer....."Onde estão as chaves?!! Epa, essas chaves são as nossas não são as desta casa?!".... As chaves ficaram dentro de casa!!, as chaves de casa e as chaves do único carro que tínhamos!!! Foi lindo!!
Não sabíamos se havíamos de rir as gargalhadas ou chorar, mas sabíamos que a única solução era andar 2 Km á uma da manhã, para acordarmos as pessoas que poderiam ter uma outra chave, ou chamar os bombeiros, ou dormir na praia com a esperança de que no dia seguinte alguém nos pudesse salvar!!
Lá fomos nós todos juntinhos andar uns kilometros para pedir a chave. Correu tudo bem, mas soubemos que o senhor da casa não dormiu a noite toda depois...preocupado que perdêssemos mais uma chave.
Este post vai ser grande!!! Aviso já!!
A partir dai, havia duas chaves que andavam com duas pessoas diferentes, para não mais acontecer o mesmo! E a pergunta..."onde estão as chaves?" sucedia-se todos os dias antes de batermos a porta!
No segundo dia, chegamos a casa depois da praia, olhamos para a porta e surgiu a pergunta..."quem é que se esqueceu da luz da porta acesa?"
Segunda pergunta da manha.....chaves? Luz?
Terceiro dia, depois de uma boa, grande e bem bebida jantarada no dia de Santo António, com direito a bailarico e tudo, saímos as tantas do restaurante e eu despedi-me mais cedo do pessoal....descobri que não tenho pedalada para eles, já não aguento duas directas!!!
Continuando, fui para casa, acordo com o pessoal a chegar a casa as tantas, vão todos para a cama, e, quando começo a adormecer outra vez, ouço duas pessoas muito bêbadas, a tentar " trepar"a varanda, mal sucedidas obviamente, e a rirem-se á gargalhada!!
Conclusão, dois elementos do grupo, um deles dono da casa onde estávamos, perderam ou esqueceram-se que pediram para guardar as chaves as meninas do grupo, e quando foram tentar ir para casa descobriram que não tinham as chaves do carro!!!
Conclusão...tentaram entrar em casa, para pedir ajuda!! Como se deitaram todos muito bonitos, ninguém acordava com o barulho!! Acordaram o prédio todo antes de alguém de nós dar conta do sucedido e os levar a casa!! As chaves apareceram no dia seguinte.... loooool
Mais uma vez o Senhor, dono da casa, e pai do que perdeu as chaves, não dormiu com a preocupação!
Ultimo dia!! Era suposto irmos para um parque aquático, mas S. Pedro não nos ajudou.  Tinha outros planos!! Looool
Como estava frio, resolvemos ir fazer um trilho, lindíssimo, na costa algarvia. Já tínhamos mesmo preparado almoço com bastante comida, sandes feitas por nós de ovos mexidos, salsichas com queijo e ervas aromáticas.... tudo maravilhoso....lá fomos nós!
Começamos a preparar a caminhada, ver o que levávamos para não ficarmos muito pesados, e.....Onde estão as sandes??????
Fechamos o saco, e deixamos as sandes em cima da mesa da cozinha!!! Linnndo!!!
Fartei-me de rir com a cara que fizemos quando nos apercebemos que mais uma vez, nos esquecemos de alguma coisa!! Incrédulos a olhar para o saco!!
Tudo se resolve, não estávamos longe e voltamos a traz para as ir buscar!
A caminhada foi maravilhosa!!
Aqui só posso falar da minha experiência pessoal, façam os trilhos da Costa Algarvia, é um passeio pesado e longo, mas lindo de morrer, e ainda se tem o bónus de nos surpreender com praias lindas, mais isoladas, onde podemos nos refrescar da caminhada!!
Se calhar foi o meu dia favorito, mas porque eu gosto muito desde sempre andar perdida algures....
O grupo também foi maravilhoso, não sei se todos se aperceberam, mas éramos todos muito semelhantes na reacção ás dificuldades da vida!! Loooool
Não, agora a sério, dias maravilhosos, com pessoas muito bonitas, muitas peripécias sempre com boa disposição!
E por isso agradeço ao universo a experiência e ao convite, claro!!

PS - Esqueci-me de alguma coisa meninos?? Provavelmente sim....




Trilho dos sete vales suspensos



segunda-feira, 12 de junho de 2017

Aqui estou eu

Ando afastada, eu sei.....mas tenho tanta coisa a relatar, tenho me colocado em tantas perspectivas diferentes, visto o universo de tantas maneiras diferentes.
Mas hoje vai ser muito pouco, quer dizer, para todos vocês, para mim muito... demais....só quero mandar mais um beijo á pessoa que fez o meu mundo diferente, um mundo de Amor. 
Ainda não sou capaz de dizer muito mais, á quatro anos atrás, tinha acabado de fazer 4km a correr, com o intuito de a ir ver, e recebi a noticia que já não a veria mais, sentei-me à frente de uma loja por onde estava a passar e fiquei sem força à espera que o meu irmão fosse me buscar....coisa nossa....
Mãe um abraço repenicado, cheio de beijos e mel.....saudades....


sexta-feira, 26 de maio de 2017

Yoga

E porque é que estou a trabalhar a minha criança interior?!!!
Instrutora de Yoga para crianças! Loool



Annnnnnnd......just pretende!